segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

“Carta ao poeta Fabio Aiolfi”


“Carta ao poeta Fabio Aiolfi”

caro poeta, o entardecer não é mais triste! Eu já contemplo a beleza das cores que enfeitam o crepúsculo que se mostra ao por do sol no oriente. Os tempos em que eu hoje vivo têm encanto, é diferente daqueles que eu os tinha em meus tempos de menino, sou Homem maduro e o meu tempo presente já são mais breves. Por isso hoje vivo a oportunidade de observar e admoestar os jovens que trilham o caminho do aprendizado. Em tua juventude use o tempo de forma a absorver toda a essência da vida, tenha o tempo como um amigo aliado para que te arremeta a um tempo onde seus sonhos de menino não se percam num passado efêmero, tenhas tu em seus dias de juventude o contentamento que lhe permita encantar-se tanto com o poente quanto ao nascente do sol, pois certo estará que em teus sonhos as alegrias prevalecerão contra suas tristezas e desilusões de uma vida terrena. Em sua ainda tenra juventude tem se mostrado valente, tem se mostrado um guerreiro a frente do seu tempo, e em suas virtudes contempla o dom de ser poeta, de ser um condutor da alegria que encanta outros seres.

Joel Costadelli.
19/01/2011.

Esta carta estará em meu livro.
(Quero agradecer ao amigo-mestre Joel Costadelli, pelas maravilhosas palavras. Sei que não sou merecedor de tando, mas agradeço o carinho...rsrsrs)

2 comentários:

jcostadelli disse...

É um prazer homenagear um poeta de tão bela grandeza, você merece tudo de bom meu amigo Fabio! Um abraço, Joel.

Vilma disse...

Parabéns aos dois, uma linda homenagem e muito merecida!!!!!Beijocas para os meninos!!!!!